quinta-feira, maio 30, 2024
DestaqueEmpreendedorismo

O QUE NÃO TE FALAM SOBRE O DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES INTEGRADAS E DE ALTA PERFORMANCE

É preciso conhecer e cumprir processos fundamentais para aspirar equipes integradas e de alto desempenho

Foto: Prostock-Studio/iStockphoto.com

Acredito que existe um sonho em comum entre empreendedores, gestores e líderes: uma equipe autogerenciável, de alta performance, que flui naturalmente com as estratégias sem precisar de comandos frequentes e que bate todas as metas. Esse tipo de equipe é bem integrada, coesa e realizada com o trabalho que executa. Isso significa também outra consequência muita boa para os negócios, baixa rotatividade de colaboradores.
Como empresário, um dos meus principais objetivos é desenvolver equipes de alta performance. Contudo, na prática, aprendi que existem processos fundamentais que precisamos cumprir para aspirar equipes integradas e de alto desempenho.
Então, vou compartilhar com você o que NÃO te falam sobre o desenvolvimento de equipes integradas e de alta performance.

1 – PESSOAS: CONTRATE CERTO!

Com certeza, você já ouviu essa frase: “as pessoas são o maior patrimônio da sua empresa”. Durante muito tempo até acreditei nessa narrativa. Mas, o que NÃO me falaram, e que somente a minha experiência ensinou, é que essa afirmação é, no mínimo, uma falha de interpretação da realidade. Essa frase está incompleta. Ela deveria ser “as pessoas CERTAS são o maior patrimônio da sua empresa”.
Lógico que as pessoas são importantes, porém, não adianta ter integrantes na equipe que não se alinham com os valores e os objetivos da empresa! Não contrate, por exemplo, apenas pessoas que pensam como você. As diferenças são importantes para os processos criativos, ou seja, mais ideias e insights para a resolução de problemas.
Você precisa ter clareza do que espera de sua equipe, para que possa contratar certo e integrar os colaboradores do seu time para alcançar os resultados esperados.

2 – PROCESSOS: PREVISÃO DE RESULTADOS

Outra coisa que não me falaram foi a importância dos processos para desenvolver uma equipe integrada e com nível de excelência. Além de contar com as pessoas certas, é preciso ter processos bem definidos e que fluam com assertividade, permitindo a previsão dos resultados.
Dentro de sua empresa, as equipes precisam executar um processo. Se não tiver processo, não funciona. Não adianta você confundir O QUE com O COMO. É comum os gestores pensarem que ensinaram o processo para as equipes apenas por falarem O QUE deveriam fazer. Isso não é processo!
O processo é O COMO algo deve ser feito. Ele tem características específicas, que devem ser observadas e executadas.

3 – TREINAMENTO: É PRECISO PRATICAR

Mais uma lição que aprendi na prática. No início, achava que treinar era mostrar o que fazer e pronto, que seria suficiente para a equipe executar as estratégias com facilidade. Assim como eu pensava antes, muitos líderes e gestores acreditam que treinam suas equipes, quando, na verdade, estão somente orientando. Se você diz para seu time o que fazer, está orientando a respeito de um objetivo. Treinar tem relação com praticar, vivenciar, experimentar. Quanto mais você pratica algo, mais se aproxima da maestria.
O treinamento ajuda as equipes a desenvolver formas de trabalhar integradas, ampliando o poder coletivo. Ao contrário de outras intervenções de equipe, o treinamento é projetado para construir mudanças duradouras e reforçar a conexão entre os membros da equipe.

4 – CULTURA: MINDSET DE CRESCIMENTO

A mentalidade organizacional deve ser sempre a de crescimento. E quando falo desse tipo de mindset, não é apenas torcer para o negócio crescer, adotando práticas ultrapassadas em um mercado que está cada dia mais inovador. Nesse caso, é preciso compreender que adotar uma cultura de treinamento na empresa é uma decisão estratégica e também o melhor caminho para desenvolver os talentos que você tem em casa, permitindo que se desenvolvam conjunta e individualmente e se adaptem às mudanças.
Cultivar essa cultura é muito benéfico para empresas e organizações. Os benefícios de uma equipe integrada e de alta performance incluem comunicação mais assertiva, habilidades de planejamento, motivação e colaboração dos funcionários. Esse conjunto de fatores resulta em uma empresa que atinge suas metas e se orgulha da baixa taxa de turnover.
Ao longo desses anos, foram muitas tentativas, erros, acertos e dores de cabeça para chegar a essa compreensão sobre a nossa responsabilidade em desenvolver equipes integradas e de alto desempenho. Não me falaram sobre diversas coisas, porém, não foi por maldade ou omissão. A verdade é que tem situações em que somente a nossa experiência pode nos ensinar.
Em todo caso, compartilho com você as minhas lições e espero que possa ponderar sobre elas e avaliar o que pode ser implementado com sua equipe.
Se ela ainda não está no nível de excelência que deseja para o seu negócio, mas está pronta para trabalhar estrategicamente, assumir a responsabilidade pelos resultados e atingir seu potencial, agora é a hora de agir.
Vamos realizar, então?
Boa sorte!

Agradecemos a colaboração de Gustavo Jhonny Roland, Médico-veterinário, Head trainner, palestrante, treinador de equipes e empreendedor. Sócio proprietário do Help Lab Laboratório Veterinário de Análises clínicas. Diretor regional da Associação Brasileira dos Hospitais Veterinários (ABHV). Diretor da Associação Nacional de Médicos Veterinários – ANMV. Instagram: @helplabvet e @empreendevet; helplabvet.com.br


Por Samia Malas