PRÉ-AVALIAÇÃO DO PET ABRE PORTAS

Imagem meramente ilustrativa Stock photo © Anna-av

Ao analisar o cão, o groomer pode indicar ao cliente outros serviços e produtos

Não é novidade para ninguém que os pets nos dias de hoje em sua maioria são tratados como filhos por seus tutores: eles comem, vestem-se e recebem tratamentos de forma exclusiva. Nós, profissionais da área de estética animal, somos os responsáveis por cultivar o consumo e os cuidados com os pets, afinal somos vistos por proprietários não apenas como cuidadores, mas também como amigos. Podemos dizer que, em muitos casos, existe uma relação de confiança mútua e amizade.

Pesquisas e sensos afirmam que as perspectivas para o futuro serão de muito mais trabalho para nós, pois as famílias estão preferindo ter cães em vez de crianças em seus lares. Diante dessa realidade, temos muitos motivos para manter a nossa competência como profissionais perante o mercado. Cursos de especialização estão hoje à disposição de todos que querem algo a mais do que ser apenas a pessoa que lava um cão, que querem muito mais, querem reconhecimento.

FAÇA A PRÉ- AVALIAÇÃO DO PET

Quando aplicamos o nosso conhecimento profissional de forma consciente, resolvemos o problema do nosso cliente, proporcionamos melhor qualidade de vida para o cão e ganhamos mais.

Porém, de nada vale deter o conhecimento técnico sobre o tra- tamento estético e não efetivar uma venda de serviço direta. Quando não aumentamos o valor médio dos nossos serviços, nos tornamos profissionais imóveis que estacionam no confor- mismo da rotina.

Devemos ser singulares em nossa forma de trabalhar e a maneira como dialogamos com os nossos clientes fará toda a diferença.

Pré-avaliação é a palavra-chave para o sucesso de qualquer groomer ou até mesmo para o pet shop que busca ganhar sempre mais. É com uma pré-avaliação da situação do pet que ganhamos a confiança das pesso- as que consomem os nossos serviços de higiene animal. Na recepção do centro de estética deve existir uma mesa específica para avaliar absoluta- mente todos os cães que chegam para o banho. O check-list é feito nessa hora para agregar valores e avaliar se o animal possui algum parasita. Se ele apresentar algum problema aparente nos ouvidos ou na pele, deve ser en- caminhado para o médico veterinário do pet shop a fim de verificar se o ani- mal precisa de algum tratamento e se está liberado para o banho.

Então você deve pensar: “mas o meu cliente tem pressa e nunca quer pagar mais”. Veja bem, você não o está convidando para sentar-se e tomar uma xícara de chá. Cumprimentar o cliente com um cordial e sorridente “bom dia” já é o começo para um diálogo rápido e prático, nunca tenha medo de falar sobre as necessidades que aquele animalzinho apresenta. A pré-avaliação bem-feita pelo profissional de estética, na maior parte dos casos, resulta na compra de muitos outros serviços. Por exemplo, se o seu estabelecimento possui clínica veterinária, o tosador se torna o vendedor de consultas, castrações, tratamentos de otites, tratamentos dermatológicos. Afinal, o nosso cliente nos vê toda semana.

Se o responsável por gerenciar o estabelecimento se preocupar em ganhar no mínimo três vezes a mais sobre o mesmo cliente, os gastos adicionais com funcionários, água, luz e aluguel serão reduzidos e os resultados satisfatórios chegarão em sua conta bancária. Então entenda que, nós groomers somos o cartão de visita do pet shop.

DIALOGUE COM O CLIENTE

Falar com o cliente frequente- mente sobre questões relacionadas à beleza, saúde e bem-estar do pet ajuda a ganhar a confiança dele. Assim, ele pensa: “meu cão está em boas mãos, pois são pessoas preocupadas e qualificadas”. Muitos profissionais de estética e até mesmo empreendedores se queixam que em suas respectivas regiões os clientes não estão dispostos a investir muito com o banho dos seus animais domésticos.

Lamento te contar isso, não se ofenda, mas a culpa é toda sua. O seu cliente está do seu lado, você que ainda não o encontrou. Investir em marketing pessoal, treinamento de equipe é ir à luta, corra atrás do cliente com o perfil que você procura, tenha uma cartela diversificada, mas priorize aquele que está disposto a tudo para que tratem bem do seu filho. Jamais será clichê repetir e aplicar a ideia de que a propaganda é a alma do negócio.

Ao finalizar esta leitura, pare por alguns minutos e imagine onde e como você estará dentro de cinco ou dez anos. Imaginar um futuro promissor é motivador, então não trabalhe apenas com os braços, use sua voz para ganhar sempre mais, mostre para todos à sua volta o que você faz de melhor, meu amigo tosador.

Tempos de crise também são tempos de oportunidades, não subestime sua capacidade.


Por JUNIOR BORJA – Esteticista animal na empresa Prontodog 24 horas E-mail: jrcbja@gmail.com


Clique aqui e adquirá já a edição 226 da Revista PetCenter/Groom Brasil e veja todas as reportagens na íntegra!