quinta-feira, maio 30, 2024
Banho e Tosa

Oferta de serviços diferenciados: bom para o cliente, melhor para o pet shop

Trimming em Spitz Alemão: pode ser apenas melhorar a linhas e ajustar conforme o padrão, parecendo natural, ou pode ser o corte comercial, mais curto e arredondado – Fotos: Uau Escola de Estética Animal

Em um cenário tão competitivo, contar com serviços diferenciados deixa de ser um complemento para se tornar uma necessidade

Em um cenário em que há um concorrente a cada esquina, contar com serviços diferenciados, ou até mesmo um atendimento VIP, deixa de ser um complemento para se tornar uma necessidade.

Oferecer um serviço distinto é uma das principais maneiras de fazer o cliente conhecer a sua empresa. Um cão que recebe tratamentos especiais, capazes de destacar a sua beleza, se transforma em um catálogo ambulante, desfilando pelas ruas, shoppings, parques, e – principalmente – pelas redes sociais. 

No entanto, ter um pet shop não se trata apenas de garantir a beleza do pet. Quando prestamos serviços e tratamentos diferentes, conseguimos aumentar o ticket médio (valor médio gasto por cada cliente em suas compras) da nossa empresa, contribuindo para o aumento do faturamento e, consequentemente, do lucro.

Por isso, é extremamente importante saber como, quando e o que oferecer aos consumidores. Na minha opinião, alguns serviços de tosas já precisam ser praticados, ou pelo menos conhecidos, pelos profissionais que buscam se destacar. 

Trimming: O que é?

 Trimming, se traduzido ao pé da letra, significa tosa. Porém, por aqui, utiliza-se muito esse termo quando são realizados trabalhos de tosas padrão de raças, tornando-se um vício de linguagem. 

Um trimming da raça pode exigir procedimentos diferentes, mas precisa garantir resultados de textura de pelagem e linhas conforme o padrão, aspectos ligados diretamente à função que a raça foi criada, homologados pela Federation Cynologique Internationale (FCI). No Brasil, a homologação é realizada pela Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC).

Tosa higiênica especial

 A convencional tosa higiênica, procedimento simples e rotineiro, também pode ser um tratamento especial. Uma alternativa é a utilização de lâminas mais altas que o padrão, além de usar tesoura ou produtos especiais para não provocar alergias em cães que costumam apresentar irritações após o procedimento. Uma tosa higiênica bem-feita contribui para manter o cão limpo e mais bonito esteticamente. 

Vantagens: ter diferenciais na tosa higiênica melhora o bem-estar do cão, e cão feliz é tutor satisfeito.

Grau de dificuldade: baixo

Quanto cobrar: Esse serviço pode custar de R$10 a R$30 de valor adicional do valor do banho (preço médio baseado em Sorocaba-SP).

Feita na tesoura, a tosa bebê é a grande queridinha dos clientes e deve ser bem executada – Foto: Uau Escola de Estética Animal

Tosa asiática

 As tosas na máquina, apesar de precisarem de capricho, não costumam ser um trabalho diferenciado. Por isso, o groomer pode oferecer também a tosa asiática. Essa técnica consiste em um acabamento na tesoura para garantir carinhas redondinhas e curtinhas, com muito destaque ao olhar do cão. As patas também costumam ser cheias, em formato de cone, e a cauda longa. 

O corpo, geralmente, é feito na máquina, mas lembre-se que a tosa asiática é um estilo livre de tosa, onde acessórios são muito bem-vindos.

Vantagens: como o corpo é tosado na máquina, com uma lâmina baixa, essa é uma opção para quem gosta de usar roupas em cães de pelo longo.  

Grau de dificuldade: baixo a médio.

Quanto cobrar: de R$90 a R$150 em cães de pequeno porte, ou pode considerar um acréscimo de 60% a 80% no valor cobrado no banho (preço médio baseado em Sorocaba-SP).

Tosa bebê

A tosa bebê, feita na tesoura, é a grande queridinha e, sem dúvida, a técnica mais procurada nos centros de estética, deixando de ser um diferencial para se tornar um serviço obrigatório. Por isso, nós precisamos procurar várias especializações para saber como trabalhar de forma harmoniosa em cães com tantas diferenças anatômicas e texturas de pelagem. É uma tosa que envolve diversos detalhes, desde o manuseio da tesoura, máquina e adaptadores; o correto preparo da pelagem com técnicas e produtos específicos, até o conhecimento de padrões de raça e anatomia canina. Ela é muito procurada, pois deixa o pet com aquele aspecto fofo de filhote, além de poder ser realizada na maior parte das raças que mais frequentam os pet shops. 

Vantagens: os cães ficam muito fofos e atraem a atenção de futuros clientes. Além disso, exige manutenção de banhos e escovações frequentes, no mínimo quinzenais. São serviços com maior margem de lucro e contribuem para a saúde financeira e crescimento da empresa. São mais práticas para cuidar que manter o cão com pelagem longa.

Grau de dificuldade: moderado/difícil (se for um iniciante na área).

Quanto cobrar: a tosa comercial na tesoura custa de 50% a 60% mais que uma tosa na máquina. Algumas tosas comerciais padrão de raças nas quais utilizamos tesoura, podem variar de 60% a 80% a mais que o valor de uma tosa na máquina. Aqui, nós cobramos, em um cão da raça Shih Tzu, por exemplo, R$90 a tosa na máquina e R$150 a tosa na tesoura (preço médio baseado em Sorocaba-SP). 

Handstripping

Esta é uma das técnicas mais complexas, na minha opinião. Além de ser aplicada de diferentes maneiras, que permitem a utilização de diversos produtos e ferramentas, exige, do profissional, sensibilidade e conhecimento para analisar como o procedimento deve ser realizado conforme a fase e apresentação da pelagem. A técnica de handstripping consiste na remoção da pelagem com a raiz, podendo ser aplicada em algumas raças específicas.

Quando comecei a aprendê-la, para uma certificação internacional, achava que não usaria a técnica no dia a dia. Estava completamente enganada! Assim que consegui o certificado, comecei a fazer handstripping em cães de pelagem dura, como Schnauzer, Terrier Escocês e Cocker Spaniel Inglês. Quando você é um profissional qualificado, acaba descobrindo nichos de mercado que consomem – e pagam bem – por esse tipo de serviço.

Vantagens: ajuda na prevenção de problemas de pele, além de garantir beleza, brilho e balanço na pelagem. A técnica preserva as características, texturas e as cores corretas dos pelos. Por ser um serviço ainda pouco realizado no Brasil, profissionais que sabem como trabalhar com essa técnica, conseguem aplicar preços diferenciados e ter mais lucro.

Grau de dificuldade: moderado/difícil (se for um iniciante na área).

Quanto cobrar: 60% a 100% a mais que uma tosa comercial feita com máquina/tesoura. Aqui no nosso salão de estética, cobramos R$150 a tosa padrão comercial de Schnauzer e R$270 quando fazemos no Hand-stripping (preço médio baseado em Sorocaba-SP).

Além das tosas

Claro que as tosas ainda são serviços primordiais para algumas raças, porém, cada vez mais, aparecem tratamentos estéticos para os cães. Nosso papel é saber analisar a pelagem e explicar ao tutor a necessidade do tratamento e seus benefícios.

Hidratação de pelagem: esse procedimento ajuda a diminuir a formação de nós, diminui a queda do pelo por quebra, melhora a elasticidade do fio e o brilho, deixando a pelagem muito mais bonita. Pode ser cobrado um valor adicional de R$ 20
a R$ 50, dependendo do porte do cão.

Tonalização de pelagem: ajuda a manter a cor característica da pelagem. Geralmente é realizada junto com o processo de hidratação nos cães. Esse serviço pode ser cobrado entre R$ 30 e R$ 70, em média.

Coloração de pelagem: traz colorido e descontração ao visual dos cães. O mercado dispõe de vários produtos para coloração específicos para pets. O serviço custa a partir de R$50 para fazer mexas, ou muito mais, para  trabalhos mais complexos.

Banhos terapêuticos: protocolos de banhos terapêuticos, que auxiliam no bem-estar dos cães, podem vir com orientação veterinária ou como forma de prevenção de problemas dermatológicos com uso de produtos não medicamentosos. O valor depende do tratamento e do porte do animal, porém, sugerimos que seja sempre cobrado um valor adicional, pois o protocolo leva mais tempo, além de ser um trabalho especial.

Para incluir esses serviços no portifólio, a melhor saída é investir em especializações. Existem excelentes escolas de banho e tosa no Brasil, com profissionais que vão te ensinar e te ajudar a aprimorar suas técnicas de tosa. Assim, você estará preparado para as novas demandas. 

Não se esqueça de ter fotos (antes e depois) desses trabalhos diferenciados para apresentar aos clientes. Desse modo, você consegue mostrar toda a técnica aprendida e, de quebra, o seu toque especial.


Por: Natália Espinosa
Empresária do segmento pet há 12 anos, é diretora da Uau Escola de Estética Animal, instituição referência na capacitação de profissionais do Estado de São Paulo, possuindo certificações nacionais e internacionais IGA (Internacional Grooming Association), PGI (Programa Groomer Internacional/Eropean Grooming Association) e IPG (International Professional Groomers – EUA). É Groomer Hydra e diretora da Groomer Br.

www.uauescola.com.br | @uauescola | @groomer.br


Clique aqui e adquira já a edição 233 da Revista PetCenter/Groom Brasil e veja todas as reportagens na íntegra!