terça-feira, abril 16, 2024
Administração

Contabilidade para pet shops

A contabilidade é uma solução rápida e eficiente para aspectos trabalhistas, fiscais e contábeis de um pet shop. Segundo Ademir Evangelista Oliveira Júnior, empresário e contabilista expert em planejamento empresarial e redução de custos, os contadores fornecem uma gama de informações importantes ao empresários, a partir das quais, decisões serão tomadas, fazendo com que o negócio cresça de maneira sólida e saudável perante todos os órgãos públicos, fornecedores e especialmente aos clientes. Keli Rodrigues, contadora há 20 anos, explica que a profissão é indispensável para o crescimento das empresas. “O contador é um profissional habilitado para identificar as dificuldades que a empresa venha passar, e antes disso, tomar as devidas precauções para que o seu negócio tenha sucesso”, diz Keli. Para Ademir, o mercado pet cresce a passos largos, o que torna a contratação de um contador algo indispensável. “Com ou sem crise econômica, a figura do contador se torna peça chave para esse crescimento, ajudando, por exemplo, na redução de custos e análises de todas as contas, controle de contas a pagar e a receber, administração do fluxo de caixa (em especial para quem está iniciando), além claro, das obrigações legais mensais”, lista. Diversas taxas tributárias são cobradas em pet shops. Esses impostos variam de acordo com o porte da empresa, como explica Keli: “A tributação é feita de acordo com o regime tributário que se enquadra a empresa, que pode ser: MEI, Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real. Para saber qual regime tributário é o mais adequado para a sua empresa, deve ser feita uma análise levando em consideração o seu porte, quantidade de funcionários e faturamento”, diz.

É importante ressaltar que cumprir a lei pode livrar o lojista de muita dor de cabeça. Neste ramo, encontramos alguns pet shops exercendo a atividade de forma ilegal, frequentemente sem os registros apropriados, ou sem um veterinário para supervisionar, no caso de pet shops que trabalham com estética, exposição e higiene. Desta forma, a loja pode ser penalizada de diversas formas: entre elas, multa e lacração.

TRIBUTOS EM FOCO

Veja os tributos mais comuns à maior parte das empresas:

IRPJ – Imposto de Renda Pessoa Jurídica;

CSLL – Contribuição Social sobre o Lucro Líquido; 

COFINS – Financiamento da Seguridade Social;

INSS – Instituto Nacional de Seguridade Social;

ISS – Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza; 

ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços; 

TFE – Taxa de Fiscalização de Estabelecimento;

Contribuição Sindical Patronal.