ACESSÓRIOS OU UTILIDADES?

Categoria: Empresas

Autor(a): Sergio Lobato | Colaborador(es): Jornalismo TopCo | Cidade: Campinas | 26/07/2019 - 14:54

Veja como a simples mudança na terminologia pode trazer mais lucros e giro de produtos

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Atualmente, há uma tendência nos negócios pet que diz que os acessórios passarão a ser chamados de utilidades. Saiba como lucrar com isso e atualize-se:

ACESSÓRIOS X UTILIDADES: VAMOS ENTENDER?

A ciência do consumo nos surpreende a cada dia, não é mesmo? Você̂ sabia que existe uma tendência que diz que de agora em diante a seção de acessórios receberá o nome de seção de utilidades? Isso se dá devido ao objetivo de agregar um valor semântico e prático aos produtos, como comedouros, coleiras e bebedouros, por exemplo, que compõem essa seção tão importante para os pet shops.

E COMO ISSO MUDA A NOSSA TÉCNICA DE VENDAS?

Bem, quem me conhece sabe que sempre costumo dizer que os produtos não pulam da prateleira nos carrinhos e bolsas dos clientes, por isso, sempre devemos treinar nossas equipes de trabalho, especialmente as da linha de frente de vendas, como os balconistas, que devem estar sempre aptos a oferecer soluções aos clientes.

Vale lembrar que tem mais sucesso na oferta e, consequentemente, na venda de produtos quem cria, além de necessidades, desejos que muitos consumidores nem sabiam que existiam.

Assim, quando usamos a palavra “utilidades” reforçamos esse desejo de mostrar uma solução, um caminho, uma ferramenta que facilite o dia-a-dia dos animais de companhia e de suas famílias. Afinal, utilidade designa algo útil!

AGREGANDO VALOR À UTILIDADE

Cada utilidade deve ainda ser trabalhada de forma multifacetada, ou seja, devemos agregar várias características positivas e práticas aos produtos para que os clientes realmente entendam aquele item como uma utilidade da qual não pode abrir mão.

Ou seja, a estratégia de marketing da sua loja destinada ao setor de acessórios deve mostrar ao cliente que ele realmente precisa dos produtos expostos ali não somente por status uma condição que também é importante, mas, a principio, a utilidade deve ser entendida como algo que o cliente possa usar na manutenção do bem-estar geral de seu animal de companhia.

MAS, O QUE É UMA UTILIDADE?

Podemos dizer que é algo que:

 • Facilita uma tarefa;

• Ajuda em um determinado momento;

• Realiza uma função específica;

• Faz tudo acontecer da maneira correta.

TREINE SUA EQUIPE A PARTIR DESSA NOVA TENDÊNCIA

Então, para ter mais lucro em seu pet shop, além de manter um setor de acessórios sempre abastecido com diversos produtos, atualmente, o grande desafio dos lojistas dos negócios pet é treinar seus colaboradores para que eles entendam que uma utilidade deve:

• Fazer parte da rotina do animal de companhia;
• Garantir bem-estar;
• Oferecer segurança;

• Ser atrativa mesmo em sua simplicidade.

Vamos tornar essas informações parte deste novo momento? Então, mãos à obra!

 

SERGIO LOBATO Palestrante e consultor de marketing aplicado ao mercado pet Sergiolobato.blogspot.com.br sergiorslvet@hotmail.com