GRANDE FINAL GROOM BRASIL

Categoria: Banho e Tosa

Autor(a): Samia Malas | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co | Cidade: Campinas/SP | 16/07/2019 - 18:50

Confira quais foram os vencedores da 10ª temporada do concurso

Foto: Josiane Melo

Foto: Josiane Melo

GRANDE FINAL GROOM BRASIL

Os 10 anos do concurso Groom Brasil foram comemorados em grande estilo, com direito até a recorde de participação! Entre os dias 2 e 4 de abril, o Expo Dom Pedro, em Campinas-SP, foi palco de um show de talentos do grooming latino.

“O Groom 2019 foi um sucesso! Que venham mais 10, 20, 30 anos!”, diz Mayse Lenny, gerente comercial da Editora Top.Co. e organizadora do concurso desde seu início. Ainda segundo ela, esse ano, o concurso bateu recorde de participação, superando todas as expectativas. “Ficamos muito felizes em ver o nosso ringue cheio”, ressalta Mayse.

Troféu Groom Brasil 2019

Outro ponto alto do evento foi a premiação. Os troféus entregues esse ano, além das tradicionais rosetas, foram Poodles em cerâmica, feitos por uma artista da região. “Queríamos fazer algo que destacasse no banho e tosa e na área de premiação dos groomers. Uma coisa única e especial!”, conta Natália Miranda, idealizadora do concurso.

Como juízes desse ano, tivemos a presença de Teri Di Marino, dos Estados Unidos, pela segunda vez no concurso; o argentino Jonatan Ardengui e a brasileira Vânia Breim.

Para você que não pôde estar presente no evento, veja, a seguir, os vencedores das categorias Professional,  Novos Talentos, Creative, Tosa do BemFashion GroomHandstrippingTosa Japonesa e Comercial, os troféus Groomer Stars.

CATEGORIA COMERCIAL

Categoria inaugurada ano passado, a Comercial obteve recorde de participação com 31 groomers competindo no ringue – ano passado, quando estreou, foram 19. E não é para menos. Ela foi criada para que o groomer mostrasse a tosa do dia a dia, do seu cotidiano. Contudo, apenas três participantes subiram ao pódium.

1º LUGAR: Gilberto Ramos dos Santos, de São Paulo-SP. 

“Muita adrenalina e muita paixão por aquilo que eu faço. Ontem era mais ou menos uma hora da manhã e eu estava preparando esse cão, e hoje viajei de São Paulo às 7h00 da manhã. Venho preparando o cão há uns 50 dias, cuidando do pelo, da alimentação, dando vitamina e muito amor. Esperava ganhar? Modéstia parte sim. Fiz uma tosa comercial, cuidando dos detalhes do Spitz, que é uma raça muito criteriosa.”

2º LUGAR: Aldo Mouro dos Santos, de Itu-SP. 

“Tenho preparado o cão há 2 meses, desde o último corte. Eu sei que tinha bastante condições de ganhar por causa do corte anterior que eu fiz, então eu já sabia que ela tinha linhas competitivas, mas, tem muita gente boa aqui, foi uma competição difícil.”

3º LUGAR: Giovani José de Albuquerque, de Recife-PE. 

“Não esperava ganhar, vim aqui para mostrar o meu trabalho e consegui este excelente resultado. Estou muito feliz, mesmo. Já venho me preparando há um bom tempo, fazendo competições e focando o Groom Brasil.”

GROOMER STAR: Leandro Marcos dos Santos, de Itu-SP.

“Venho me preparando há 3 anos, namorando a competição, estudando bastante. Preparei a pelagem do cão desde o início do ano para hoje. Não esperava vencer no meio de tantos talentos, então estou  muito feliz mesmo.”

Comentário da Teri Di Marino

“O perfil do cão do primeiro colocado estava muito bom, assim como o trabalho técnico e de tesoura. O cão podia sair daqui e ir direto para uma exposição de cães. Observei também a quantidade de pelo no chão, que mostrou o quanto ele trabalhou na pelagem. O segundo cão estava com uma tosa bastante clean. Muito bonito. Estaria orgulhoso em ter um trabalho desses em meu banho e tosa. O cão do terceiro colocado também estava muito bonito. Tinha alguns reparos rápidos de se fazer, mas o trabalho estava muito bom no geral.”

Palavra do patrocinador:

   “É um prazer estar com o Groom Brasil novamente – já estávamos ano passado. O concurso é bom para a marca e para incentivar esse tipo de evento”, Rodrigo Angeloti dos Santos, supervisor comercial e marketing da Sweet Friend, patrocinadora da categoria Comercial.

 

CATEGORIA TOSA JAPONESA

Essa categoria provou ser mesmo uma das prediletas dos groomers brasileiros pelo alto nível de adesão que se mantém ano após ano. A seguir, veja quais foram os destaques de 2019 segundo a juíza Teri Di Marino:

1º LUGAR: Evandro Cardoso Santos, de Santos-SP. 

“Fiquei mega surpreso com o resultado. A gente trabalha bastante por querer ganhar, mas tem vários competidores bons também. Foram três dias de preparação, com banhos, e quatro meses sem tosa, para que o pelo ficasse bem grande.”

2º LUGAR: Paulo Ricardo de Oliveira, de Curitiba-PR. 

“A gente nunca espera ganhar, mas essa vitória é resultado de muito treino. Foram cerca de quatro meses para deixar o pelo dela crescer, preparado para a competição, além de elaborar o trabalho que faria. Mas valeu a pena, foi gratificante.”

3º LUGAR: Thelson Rizzo, de Caxias do Sul-RS. 

“Já esperava ganhar, porque já estou acostumado com essas competições. A preparação foi bem tranquila.”

GROOMER STAR: Hatsuko Pereira Silva, de Campinas-SP.

"Tosa asiática é minha paixão. Na realidade eu vim só para participar, então ganhar esse troféu foi algo que eu não esperava mesmo. Acredito que conquistei esse resultado devido a minha paciência e calma, e por ter dado o meu melhor.”

Comentário de Teri Di Marino:

“O trabalho do primeiro lugar estava divertido, o cão muito bem tosado, bom trabalho de tesoura e adorei o toque de cor que ele usou, achei adorável. O segundo lugar, o Yorkie com orelhas de borboleta, estava com uma tosa muito homogênea. Também gostei das joias colocadas e dos triângulos que foram feitos nas costas. Já o terceiro fez um trabalho muito clean, o cão muito bem tosado. Tinha um bom balanço e simetria, amei.”

 
CATEGORIA CREATIVE
Embora o número de competidores nessa categoria em 2019 tenha sido reduzido, não faltou criatividade!

1º LUGAR: Celso Antônio Alves, de Lauro de Freitas-BA. 

“A ideia [antigo Egito] surgiu de um filme que eu vi, e achei a Ísis muito bonita e bem colorida. Então, aproveitei as cores dela e transferi para o pelo do cão. Minha companheira também me estimulou, dizendo que esse tema seria bom por ter bastante cor, ser bem animado. Sempre gostei de temas ríspidos, como podem ver no meu histórico de participação do Creative. Sempre fiquei entre os três melhores, mas hoje levei o caneco para casa.”

2º LUGAR: Paula Fernandes, de São Vicente-SP. 

“Eu gosto de fazer temas do mar, assim, resolvi fazer uma sereia. Tem três meses que estou preparando ela. Esperava ganhar em primeiro lugar, mas estou feliz com o segundo.”

3º LUGAR: Jupira Lacerda, do Rio de Janeiro-RJ. 

“Trabalhei no pelo por cerca de um mês, mas tem uns 6 meses que o pelo está crescendo. Tive a ideia de tema quando estava assistindo ao filme ‘Fúria de titãs’, que gosto muito.”

Comentário de Teri Di Marino:

“Para julgar essa categoria olhei o trabalho como um todo. O primeiro lugar fez um trabalho clean, nítido, o cão estava muito correto. Um belo trabalho. Já era um cão bonito, e ele conseguiu com que ficasse ainda mais bonito. O trabalho na tesoura está perfeito e tudo está simétrico.”

Palavra do patrocinador:

“Patrocinamos a categoria Creative por mais um ano e sempre é uma bela surpresa. Parabéns aos competidores!”, Camila Martins, da Tchuska.

 
CATEGORIA TOSA DO BEM

Outra categoria bastante concorrida no Groom Brasil é esta. A ONG Amor de Bicho participa pela segunda vez do evento e, esse ano, trouxe 11 cães que estão para adoção para brilharem em nosso ringue. Os cães foram banhados na loja da Petz do shopping Dom Pedro, ao lado do pavilhão onde foi realizado o concurso. “A Petz atendeu os cães da ONG Amor de Bicho e garantiu que chegassem supercheirosos e prontos para serem tosados e brilharem no evento. Muito obrigada pela parceria!”, disse Mayse Lenny. Veja quais foram os trabalhos que mais agradaram o juiz Jonatan Ardengui:

1º LUGAR: Aluani Simoni, de Sorocaba-SP. 

“Fiz o trabalho de handstripping e ela foi maravilhosa, ficou quietinha, deu um pouquinho de trabalho sim, mas  a gente conseguiu. Sinceramente, não esperava ganhar, pois é minha primeira vez na Tosa do Bem.  Estou muito feliz!”

2º LUGAR: Damião Nogueira, de Campinas-SP. 

“Comecei a competir ano passado, e é a segunda vez que venho na Tosa do Bem, que é algo que me encanta muito. Estou muito feliz. Não esperava ganhar, pois tem muita gente boa aqui!”

3º LUGAR: Heloísa Knabben Gaertner, de Balneário Camboriú-SC.

“O cão era bem agitadinho, então tentei fazer tudo com mais tranquilidade, não forçando ele a ficar em uma posição que ele não queria, tentando deixar ele confortável.”

GROOMER STAR: Luís Ricardo Dias, de Curitiba-PR.

“Fiz tosa tesoura no Poodle inteirinho, e carinha estilizada. Essa é a minha primeira vez competindo no Groom Brasil e já ganhei um prêmio, estou muito feliz com o resultado!”

Comentário de Jonatan Ardengui:

“Essa foi uma categoria que gostei muito de julgar, pois não há padrões estabelecidos. Assim, é mais um gosto pessoal que outra coisa. O primeiro lugar fez um excelente trabalho, pois fez um stripping em um cão sem raça e com pelo duro, com acabamento fantástico. O segundo lugar também fez um stripping muito bom, mas que precisava um pouco mais de ajuste na finalização. O terceiro lugar foi um trabalho mais de fantasia, em que foi aplicada a técnica de handstripping com máquina, deixando barba e patas pouco mais grossas. Foi muito original.”

Palavra do patrocinador:

“Essa categoria envolve uma solidariedade muito importante do mercado pet, que está de acordo com a filosofia da nossa empresa”, Rodrigo Angeloti dos Santos, supervisor comercial e marketing da Sweet Friend, patrocinadora da categoria Tosa do Bem.

 
CATEGORIA NOVOS TALENTOS

Categoria que ajuda a fomentar o mercado profissional do banho e tosa e revela as pérolas do grooming, a Novos Talentos, estava com o ringue cheio de “caras novas”, todos com muita vontade – e competência – de ganhar. Essa categoria existe no concurso Groom Brasil desde o início e é consiuderada um pontapé inicial para a vida profissional do groomer. Muitos que vencem o Novos Talentos, acabam sendo Best in Show em outras edições do concurso. Assim, essa categoria é uma boa forma de estrear no mundo dos concursos e, claro, aprimorar seus conhecimentos.
Os melhores dessa categoria em 2019 foram: 

1º LUGAR: Liliane dos Santos Silva, do Rio de Janeiro-RJ.

 
“A última vez que fiz um trimming nesse cão foi em setembro de 2017, tem muito tempo que estou cuidando do pelo dele para ficar bem cheio para o dia de hoje.
Fiz um trimming todo na tesoura, marquei com uma tesoura reta e depois vim com a semidentada e tubarão. Não esperava ganhar, na verdade eu quase fui embora. Foi meu marido não me deixou ir.”

2º LUGAR: Diovani Martins, de Sales de Oliveira-SP.

“Foi muito gratificante participar dessa categoria. Deixei o pelo do cão crescer por 4 meses. Acreditava que ficaria em terceiro, mas em segundo eu não esperava.”

3º LUGAR: Kátia Kubo, de Pirassununga-SP.

“Deixei o pelo crescer durante três meses. Não esperava ganhar.”

GROOMER STAR: Leandra Guimarães de Oliveira Darbello, de Itatiba-SP.

“Vim com muita vontade de ganhar, mas claro que a experiência conta muito. Se eu não ganhasse já estaria feliz do mesmo jeito.”

Comentário de Teri Di Marino:

“Tinham muitos bons cães nessa categoria, então recompensei pela dificuldade de execução. Ou seja, dei o prêmio para os groomers que trabalharam mais e tinham cães com mais pelagem e ainda conseguiram dar um bom acabamento à pelagem, além de, claro, avaliar técnica e outros quesitos. Haviam outros cães que poderiam parecer muito bons de fora do ringue, mas chegaram com pouco pelo. Esse é um concurso de tosa então quero ver as pessoas cortarem pelo e muito pelo caido no chão!”

Palavra do patrocinador:

“A Genial Pet acredita que toda forma de trabalho, vem só qualificar ainda mais nosso mercado, não só a nível de produtos, mas também de profissionais. Então a Novos Talentos é uma categoria que vai muito ao encontro com o perfil da Genial Pet de incentivar novos profissionais, novas pessoas a entrarem no nosso mercado, no nosso segmento, e assim qualificar ele cada vez mais. Ficaria até piada pronta, mas o campeonato está genial e a gente curte bastante desde o início. Ver o antes e depois, a transformação deles, enche nossos olhos, nos deixa muito contentes de ver a capacidade de cada um deles. Já são campeões só de estarem aqui, e com toda certeza já fizeram por merecer, só pelo fato de estarem aqui procurando qualificação, procurando uma certificação, buscando vencer os próprios limites”, Beto, da Genial Pet, patrocinador da categoria Novos Talentos.

CATEGORIA HANDSTRIPPING

Categoria que promove uma técnica cuja demanda vem crescendo no banho e tosa, o Handstripping teve mais uma vez, competidores de alto nível em seu ringue. Confira quais foram os destaques:

1º LUGAR: Carlos Humberto de Souza Júnior, de Uberlândia-MG.

“Separei esse cão há 1 ano, apenas para o campeonato. Não esperava ganhar. Ganhei em 2016 e percebo que a cada ano o nível dos competidores está mais alto.”

2º LUGAR: Pamela Lopes, de Serra Negra-SP.

“O preparo do cão levou quase sete semanas, sem mexer em nada, somente banhos. Estava torcendo por isso (ganhar), pois foram muitas aulas e muitos treinos para obter esse resultado.”

3º LUGAR: Cristina Carvalho Romeu, de Indaiatuba-SP.

“Deixei o pelo crescer por mais ou menos um mês, e estou preparando o cão desde ontem com banho e tudo. Estou muito feliz com o terceiro lugar, é como se fosse o primeiro.”

GROOMER STAR: Everton Aparecido dos Santos, de Atibaia-SP.

“Preparei esse cão duas vezes antes de vir e hoje dei banho nele. Deixei o pelo crescer por cerca de 3 ou 4 meses para obter esse resultado.”

Comentário de Teri Di Marino:

“Além do fator nível de dificuldade, o perfil da raça também foi decisivo para a escolha dos três primeiros lugares. Foi muito difícil escolher quem seria o primeiro e o segundo, pois ambos os cães chegaram com bastante pelo e foram muito bem trabalhados, quase perfeitos. Minha decisão foi porque o segundo lugar, o Wire Fox, precisava de um pouco mais de grooming nas patas dianteiras e o Westie não encontrei nada errado com ele. O terceiro lugar fez um belo trabalho também.”

Palavra do patrocinador:

“Nós estamos muito felizes em patrocinar essa categoria, na qual um dos nossos groomers - que é líder no ranking de Handstripping - participa. Nós acreditamos nos novos talentos,  e isso nos motiva a patrocinar uma das maiores e a mais tradicional competição nacional que é o Groom Brasil, principalmente por ser um evento realizado há 10 anos. Estamos muito impressionados com o talento de todos os competidores. O evento desse ano estava bem organizado e muito bonito”, Mônica Garzim, de São Paulo-SP, do Mundo Animal.

 

CATEGORIA FASHION GROOM

Além do Creative, o Fashion Groom é outra categoria que dá possibilidade ao groomer de criar. Os penteados superenfeitados, mais uma vez, encheram os olhos dos juízes de do público. Tivemos até uma bicampeã no pódium. Veja quais foram os melhores competidores segundo a juíza Teri Di Marino:

1º LUGAR: Giseli Ferreira da Silva, de Franca-SP.

“Me inscrevi faltando menos de 10 dias para o evento. Eu não tinha cachorro, não tinha penteado. Tenho muito o que agradecer à Pamela e ao Vanderlei porque foram eles que pagaram minha inscrição para que eu pudesse vir. Então, aluguei o Vitório, da Bruna, e cheguei aqui com os laços que tinha. Criei a ideia às 3 horas da madrugada. Ser a primeira, bicampeã ainda, é muito gratificante! Ser a primeira bicampeã do Fashion Groom é um peso muito grande, estou muito feliz!”

2º LUGAR: Simone Garotti, de São Paulo-SP.

“A ideia do penteado  era homenagear minha cachorra, pelo fato de ser o último ano de trabalho dela. O tema escolhido foi um poema de Vinícius de Moraes, por isso, retratei as borboletas na pelagem. Achava que iria ganhar alguma coisa pelo fato de estar apresentando algo diferente no concurso.”

3º LUGAR: Gabriela Bodinar, de São Paulo-SP.

 
“Faz exatamente dois meses que estou me preparando para vir aqui hoje, competir na categoria Fashion Groom. Este cão que competi nunca foi tosado. A gente tem a expectativa de ganhar,  mas é sempre gostoso confirmar que a gente faz parte do pódium.”

Comentário Jonatan Ardengui: 

“O Fashion Groom é uma categoria que gosto muito de julgar, pois gosto de ver a criatividade das pessoas. O primeiro lugar me surpreendeu pela transformação e pelas linhas que criou, com muita simetria. Trabalhou de forma muito precisa, criando formas de uma maneira incrível. O segundo lugar foi muito bom. Usou a tecnologia de luz LED para incrementar o trabalho da cabeça e também criou linhas muito bonitas com precisão e prolixidade. O terceiro fez um trabalho que gostei muito, mas foi bastante complicado de executar até porque o cão não ficava quieto. Foram três excelentes trabalhos.”

Palavra do patrocinador:

“O Groom Brasil é um campeonato muito legal, principalmente a categoria Fashion Groom, que incentiva realmente a criatividade desses profissionais e saem trabalhos lindos. Já é o segundo ano que nós patrocinamos o concurso e com certeza estaremos aqui em 2020. A Procão é uma empresa que sempre traz inovação para o mercado pet, então acho que tem muito a ver com todas as categorias do Groom Brasil, principalmente o Fashion Groom porque uma das nossas maiores características é a criatividade na criação dos nossos produtos, para esses animais que hoje são tratados realmente como parte da família dos seus donos. O campeonato este ano foi incrível, os oito finalistas  estão de parabéns, achei muito criativo todos os trabalhos que eles fizeram nos cachorros, são animais lindíssimos, e achei a criatividade deles esse ano fora do normal. O Brasil tem essa característica da criatividade que é reconhecida mundialmente”, Fábio Fortunato, da Procão, patrocinadora Fashion Groom.

CATEGORIA PROFESSIONAL

A categoria mais esperada e concorrida do concurso, a Professional, teve um desfecho muito especial: premiou um groomer que vem batalhando pelo título há anos, desde que foi vencedor na categoria Novos Talentos de 2011, ainda nos primeiros anos do concurso Groom Brasil - cuja primeira grande final foi em 2009.

Como de costume, a categoria desse ano teve grande número de competidores e foi bastante disputada pelo alto nível de experiência dos participantes, que se mantiveram focados em seus cães durante todo o tempo. Confira os trabalhos incríveis feitos pelos primeiros colocados:

1º LUGAR: Renato Leiva, de São Paulo-SP.

“A preparação no cão aconteceu junto com alunos meus que me ajudaram naquela correria do dia a dia, com ótimos produtos, com muita tranquilidade, para o cachorro ficar calmo, sem atraso, tudo pensando no bem-estar do cão. A gente nunca espera ganhar porque depende do gosto do juiz, do trabalho dos outros competidores. Não existe um trabalho impecável, sempre tem defeito, mas estou muito feliz com o resultado.”

2º LUGAR: Geniel Morais, de Anápolis-GO.

“Essa é a primeira roseta que ganho em 7 anos participando do Groom Brasil. Para o dia de hoje venho preparando a pelagem há uns 3 ou 4 meses. Não esperava ganhar, mas sabia que minha hora chegaria. Fiquei em segundo, veremos ano que vem. Quem sabe serei o Best in Show.”

3º LUGAR: Sandra Bezerra Leite, de Sorocaba-SP.

“Fiz a tosa padrão da raça Bichon Frisé. A cachorra é minha mesmo, e tem quase 5 anos. Faço a preparação desde sempre, ela está sempre sendo cuidada para competição. Então a gente tem um cuidado especial com pelagem, para não manchar, não acontecer nenhum problema de pele.”

GROOMER STAR: Gilberto Ramos, de São Paulo-SP.

“A preparação para estar aqui hoje levou em torno de dois meses, tudo feito com muito amor, muito carinho, muito pelo, e umas cinco horas de serviço. Estou feliz pela minha colocação na categoria Professional do concurso Groom Brasil. Modéstia parte esperava ganhar.”

Comentário de Teri Di Marino:

“O trabalho do primeiro colocado foi lindamente executado. Tinha um dos melhores trabalhos na tesoura. Era clean e o cão teve uma grande mudança do início – eu fotografei todos os cães antes para fazer a comparação. O segundo colocado fez um bonito trabalho na tesoura! Ainda mais porque o cão tinha alguns defeitos: o pescoço era um pouco curto, os ombros não tinham a inclinação correta e a cauda estava inserida baixa. Ele conseguiu corrigir tudo isso. O terceiro colocado fez uma expressão muito bonita no rosto, e um ótimo trabalho na tesoura. O cão precisava apenas de alguns ajustes na pata traseira.”

Palavra do patrocinador:

“Nós somos parceiros do Groom Brasil desde a primeira edição e é um trabalho em que eu acredito muito. Essa categoria de groomers que começou no Brasil não tem tanto tempo, e em pouco tempo se desenvolveu com um grande profissionalismo, e eu acredito que o Groom Brasil tem um papel muito importante nisso, incentivando esses profissionais a buscar, cada vez mais, um melhor conhecimento, a se testar, procurando crescer, se desenvolver, com muito profissionalismo. A competição este ano está muito bonita, está cheia de competidores, inclusive estamos muito felizes e trouxemos até um groomer de Lima, Peru, para competir no Groom Brasil, e acredito que tenha sido um sucesso. Estou muito feliz com esse trabalho e de poder participar dessa história”, Andréia Tavares Arantes, diretora de marketing da Centagro.