segunda-feira, maio 27, 2024
Mercado PetOutros

Churraspet: cuidados com o pet

A Churraspet completou, em 2016, 7 anos de mercado pet. Desde o início de suas atividades como indústria, em outubro de 2009, seu objetivo é fabricar e comercializar produtos saudáveis que tragam benefícios para os cães. “Nosso principal foco é trazer diversão, saúde e bem-estar para eles, por isso nossos ossos e petiscos são 100% naturais, não contêm sódio nem corantes artificiais e são ricos em cálcio, colágeno e proteínas”, afirma Carlos Eduardo Flores, diretor da Churraspet.

 

NOVIDADES E LANÇAMENTOS

 

No início deste ano, foi reformulada a identidade visual da marca. Três linhas de produtos foram unificadas – ChurrasQuito, ChurrasCão e Cordosso – dentro de uma marca mãe, a Churraspet. A ChurrasQuito é a linha de petiscos, a ChurrasCão é a linha de ossos e a Cordosso é a linha de brinquedos. “O objetivo dessa mudança é deixar claro aos clientes os produtos que cada uma de nossas linhas produz e oferece aos cães”, diz Carlos. 

Em 2015 foram inseridos no catálogo de produtos alguns lançamentos, por exemplo o Mistão, um pacote econômico com diversos tipos de ossos e petiscos. Outros produtos foram adicionados ao portfólio, entre eles o Canudo Recheado, o Display Tubinho e o Mini Bits, que estão tendo uma alta procura no mercado. Alguns produtos tiveram a nomenclatura alterada, como o caso da Traquéia, que agora é Chips Natural.

 

CONQUISTA DE ANOS

 

A empresa considera como sua maior conquista a satisfação dos clientes. “Muitos donos de cachorros nos procuram para saber onde encontrar nossos produtos, para elogiar, dizer que seus cães gostam de nossos ossos e petiscos, inclusive nos mandam fotos”, celebra Carlos.

 

FUTURO PROMISSOR

 

Entre objetivos de médio prazo da Churraspet está estender a distribuição de seus produtos. “Atualmente estamos presentes em 20 estados brasileiros, porém queremos chegar aos outros, pretendemos também continuar investindo em novos produtos, novas tecnologias de produção, visando sempre a qualidade de nossas linhas”, encerra Carlos.