Terceira Idade: Mercado Promissor

Categoria: Administração

Autor(a): Renata Melo | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co. | Cidade: Campinas | 02/09/2013 - 15:31

O mercado brasileiro, seja ele voltado aos negócios pet ou não, não tem dado a devida atenção a este público que vem crescendo ano a ano e que deixa de ser minoria, para constituir um grupo bastante significativo.
Terceira Idade: Mercado Promissor Foto meramente ilustrativa: Divulgação

Terceira Idade: Mercado Promissor Foto meramente ilustrativa: Divulgação

Pesquisas apontam um crescimento da população de terceira idade no Brasil. De acordo com a CIES (Centro Internacional de Informação para o Envelhecimento Saudável), no Brasil, a população acima de 60 anos representa um contingente de cerca de 15 milhões de pessoas. Essa parcela está fortemente concentrada nas áreas urbanas (80%) e as duas cidades com as maiores proporções de idosos são Rio de Janeiro (13%) e Porto Alegre (12%).
Previsões indicam que, em 2050, 20% da população brasileira estará acima de 60 anos. O grupo pertencente aos acima de 80 anos subirá ainda mais. Segundo o IBGE, a proporção pode ser ainda maior. Em quatro décadas, os idosos representariam 29% da população. “A cada ano que passa são mais de 650 mil idosos que entram na nossa pirâmide populacional”, alerta o diretor-geral da UnaTI/UERJ, Renato Veras.
No Rio de Janeiro, o local que apresenta maior concentração de idosos é Copacabana, cerca de 40 mil. De cada dez pessoas que vivem neste bairro, três têm mais de 65 anos. Um índice igual ao do Japão e o dobro do restante do Brasil.
A partir dessas evidências, é possível perceber e programar-se para oportunidades de novos negócios e crescimento de vendas de produtos e serviços destinados ao público sênior. O mercado brasileiro não tem dado a devida atenção a este público que vem crescendo ano a ano e que deixa de ser minoria, para constituir um grupo bastante significativo. Para conseguir uma fatia desse mercado promissor, é necessário que as empresas adequem ou desenvolvam estratégias de acordo com as particularidades desses potenciais consumidores.
Através de uma análise de segmentação mercadológica é possível perceber que esses consumidores apresentam perfil, necessidades, gostos e comportamento bastante singulares. Por isso, o conhecimento desses fatores é fundamental para o desenvolvimento de ferramentas capazes de fortalecer estratégias voltadas para este grupo.
Uma vez que, com o aumento da expectativa de vida, cresce a procura por produtos e serviços específicos que ofereçam maior conforto ou ainda algo que lhes proporcione prazer. Trata-se, efetivamente, de um público muito interessante cujo crescimento é tendência para o futuro.
Um dos mercados que oferece grande oportunidade é o segmento pet, pois o público sênior apresenta duas características comuns: a necessidade de companhia e a preocupação com a qualidade de vida. Estudos apontam que ter um animal de estimação proporciona uma melhora na qualidade de vida surpreendente, principalmente em pessoas desta faixa etária. Nesta fase da vida, o exercício é fundamental e a atenção necessária ao animal de estimação estimula o idoso tanto mentalmente quanto fisicamente.


Como fazê-lo?

Para desenvolver uma estratégia de negócio bem-sucedida nos negócios pet, dois pontos são importantes caro leitor da Pet Center. O primeiro é o planejamento, pois, a partir daí, é possível direcionar ações e esforços de marketing em determinado segmento. O segundo é a definição do seu público-alvo para permitir que atue de maneira diferenciada e coerente.
Outro ponto importante é a forma de comunicação e publicidade utilizada. A má utilização desses meios compromete qualquer negócio. Além disso, a forma de tratamento com os idosos precisa ser diferenciada, porque normalmente este grupo é formador de opinião, sendo capaz de influenciar as tendências de consumo.
Existe uma oportunidade voltada para a terceira idade com grande potencial a ser explorado e, apesar desses consumidores serem mais exigentes, quando gostam de determinado produto ou serviço a fidelização torna-se mais evidente.
Não fique de fora deste mercado promissor. Desenvolva sua estratégia!
 
Renata Melo é profissional de Marketing graduada pela Universidade-RJ e estuda sobre Gestão de Negócios no IBMEC-RJ.

Última edição (210)

Destaques:


Inove no banho e tosa

Acessórios para banho e tosa

Cadernos:
Aves
Aquarismo
Groom Brasil
PetClínicas


Saiba mais ›

Destaques:


Programando a gestão da empresa

EnqueteEnquetes anteriores

O que fazer quando o cliente diz: “Só estou dando uma olhadinha”?








Participando da nossa enquente você concorrerá a prêmios

Agradecer de maneira formal e aguardar

Fazer uma nova abordagem, mais simpática

Dar espaço ao cliente e se direcionar a outro consumidor

Da espaço ao cliente, mas ficar disponível para qualquer dúvida dele

PUBLICIDADE