Casos de pancreatite crescem 60% e desafiam a medicina veterinária

Categoria: Empresas

Autor(a): Fundamento marketing | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co. | Cidade: Campinas | 10/04/2018 - 16:10

Pesquisas na área visam buscar qualidade de vida aos pets
iStock/ Motortion

iStock/ Motortion

Por Mário Marcondes, associado da Comissão de Animais de Companhia (COMAC)
do SINDAN e diretor clínico do Hospital Veterinário Sena Madureira



Nós, profissionais da área de saúde animal, sabemos o tamanho do desafio que enfrentamos para tratar determinadas doenças, principalmente aquelas que ainda estamos aprimorando a análise de diagnósticos. A pancreatite é uma dessas patologias desafiadoras, um tanto misteriosa, se podemos dizer assim, mas que nos motivam a estudar e investigar seu comportamento e evolução.
 

iStock/Visivasnc

Segundo o levantamento do Hospital Veterinário Sena Madureira, que calculou a quantidade de atendimentos realizados nos últimos dois anos relacionados às doenças mais frequentes nos pets, há um aumento de 60% no número de casos de animais de estimação diagnosticados com pancreatite.
 
A COMAC (Comissão de Animais de Companhia do SINDAN - Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal) complementa o cenário afirmando em sua pesquisa “Árvore de Valor 2014” que, entre as razões pelas quais os tutores levam os animais de estimação ao veterinário estão sintomas como diarreias e vômitos (6% cães e gatos). Indicativos muito comuns em pets que apresentam pancreantite. E ainda complementa afirmando que: 27,9% dos medicamentos prescritos pelos veterinários são os antibióticos (15,7%) e anti-inflamatórios (12,2%), usados frequentemente nos tratamentos da doença em questão.
 
Com esses dados, reforçamos a importância de estudar e aprofundar nossos conhecimentos sobre essa enfermidade. Não podemos negar que já existem muitos exames que nos auxiliam no diagnóstico preciso como o de sangue de lipase pancreática específica, ultrassom, hemograma, bioquímicos e dosagem de eletrólitos. Mas, por conta do crescente aumento de casos da doença, sua recorrência está além das causas já conhecidas como uso excessivo de medicamentos, obesidade, predisposição associada à diabetes, insuficiência renal ou cardíaca, por exemplo. Aumentando assim a necessidade de investigação aprofundada e minuciosa.


iStock/ sanjagrujic
 
Assim, devemos focar em contribuir para a redução de incidência dessa doença e colocar em ação nosso juramento em prol da boa prática profissional que reforça:
 
“...com especial respeito ao Código de Ética da profissão, sempre buscando uma harmonização entre ciência e arte e aplicando os meus conhecimentos para o desenvolvimento científico e tecnológico em benefício da sanidade e do bem-estar dos animais, da qualidade dos seus produtos e da prevenção de zoonoses, tendo como compromissos a promoção do desenvolvimento sustentado, a preservação da biodiversidade, a melhoria da qualidade de vida e o progresso justo e equilibrado da sociedade humana”.
 
Lembremo-nos disso.


Warning: file_get_contents(): php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known in /home/revistapetcenter/admin/inc/pulo.funcoes.php on line 8

Warning: file_get_contents(http://urls.api.twitter.com/1/urls/count.json?url=http://www.revistapetcenter.com.br/materias/ler-materia/295/casos-de-pancreatite-crescem-60-e-desafiam-a-medicina-veterinaria): failed to open stream: php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known in /home/revistapetcenter/admin/inc/pulo.funcoes.php on line 8

Notícias relacionadas

Última edição (209)

Destaques:


Dormindo de bolso cheio

Esquente as vendas no verão

Quer expandir sua loja?

Caminho da compra

Reduza tributos

Cadernos:
Aves
Aquarismo
PetClínicas


Saiba mais ›

Destaques:


Thelson Rizzo compartilha conselhos

Lhasa Apso: aprenda a tosá-lo

Brasileiro conquista americanos com seu trabalho

Projeto qualifica jovens com deficiência



EnqueteEnquetes anteriores

O que fazer quando o cliente diz: “Só estou dando uma olhadinha”?








Participando da nossa enquente você concorrerá a prêmios

Agradecer de maneira formal e aguardar

Fazer uma nova abordagem, mais simpática

Dar espaço ao cliente e se direcionar a outro consumidor

Da espaço ao cliente, mas ficar disponível para qualquer dúvida dele

PUBLICIDADE