Tartaruga Tigre d’Água: entenda os cuidados que ela exige

09/10/2019 - 13:17

O que é preciso saber para orientar corretamente o futuro tutor dessa popular tartaruguinha

Foto: Lucas Pacheco/iStockphoto.com

Foto: Lucas Pacheco/iStockphoto.com

cionados por animais buscam alternativas disponíveis no mercado brasileiro, e um dos bichos mais procurados são as pequenas e famosas tartaruguinhas verdes. Devido a sua atrativa coloração elas são conhecidas pelo nome de Tigre d´água. 

É comum ver pessoas enfatizando que compraram a tartaruguinha e que, por ser pequena, bastaria um pequeno terrário com um pouco de água para que ela pudesse viver bem. Mas não é bem assim que funciona, pois estes animais não são tão pequenos como muitas pessoas acreditam. E para adquiri-las legalmente é preciso documentação específica, pois há restrições na legislação para pet shops comercializá-los. A pessoa que pensa em ter uma destas tartarugas deve procurar uma loja legalizada e especializada em animais silvestres. 

O motivo para isso é que infelizmente existe um comércio ilegal de um animal muito parecido com a Tigre d’água Nacional, que é a Trachemys scripta elegans, também conhecida popularmente como Tartaruga de Orelha Vermelha ou Tigre d’água Norte Americano. Esta tartaruga é vendida pelo mercado negro, mas sua origem é de países da América do Norte. Muitos compram estes bichos sem se informar, e quando eles crescem, também exigem mais espaço e maiores cuidados. 

Por isso, é comum o tutor tentar doá-los, e se esta alternativa falha a opção que lamentavelmente é tomada por muitos é a de soltar a tartaruga em lagos de parques públicos ou mesmos em rios e riachos naturais. E isso jamais pode ocorrer, pois a introdução de um animal exótico não pertencente a nossa fauna prejudica o meio ambiente e as espécies que nele habitam. Vale relembrar que a compra de qualquer animal ilegal é crime.

Confira esta matéria na íntegra adquirindo a edição 219. Clique aqui!