Como evitar infestação de pulgas no seu pet shop

09/10/2019 - 13:04

Durante o período mais quente do ano é preciso redobrar a atenção para evitar esses ectoparasitas

Foto: Sergey Granev/iStock.com

Foto: Sergey Granev/iStock.com

O verão é o período do ano cujo aumento do volume de atendimento nos serviços de banho e tosa é flagrante. Afinal os tutores não só passeiam mais com seus pets, aproveitando o calor, como também se preocupam em mantê-los refrescados e limpos. Para isso, nada melhor do que banhos e tosas mais frequentes. Mas as altas temperaturas também trazem uma preocupação: a proliferação de pulgas. E quem possui um banho e tosa, recebendo muitos animais diferentes ao longo do dia, precisa redobrar a atenção em relação a esses ectoparasitas.

 

Como vivemos em um país tropical, as pulgas aparecem o ano todo, mas é necessário ficar ainda mais atento durante o verão. As altas temperaturas propiciam o aparecimento e desenvolvimento desses parasitas, que podem provocar alergias, anemias ou até doenças infecciosas nos animais e até no Homem, mesmo que nós sejamos hospedeiros alternativos. “O favorito é o animal, que tem temperatura mais elevada, pelos que servem de esconderijo e abrigo, e também porque eles estão mais próximos do solo, onde as pulgas passam a maior parte da vida”, explica Cibele Nahas Mazzei, veterinária dermatologista da clínica Dermatopet, de São Paulo, e sócia-fundadora da Associação Brasileira de Dermatologia Veterinária.

 

Confira esta matéria na íntegra adquirindo a edição 219. Clique aqui!