PEIXE-LEÃO: BELO E PERIGOSO

15/07/2019 - 15:30

Especialista revela curiosidades sobre este peixe, cuja importação foi proibida em 2017

Foto: Francisco Vilardo

Foto: Francisco Vilardo

Um peixe com asas! É assim que poderíamos definir o peixe-leão (Pterois volitans), já que suas desenvolvidas nadadeiras possuem os raios bem separados e fazem lembrar duas grandes “asas”. Pertence à família Scorpaenidae, que é composta de peixes predadores e exclusivamente carnívoros. Mas o maior destaque dessa espécie é a verdadeira ‘‘arma” que possui em sua longa nadadeira dorsal e também nas nadadeiras pélvicas e anal. Elas são repletas de espinhos com glândulas venenosas e uma “espetada” de um peixe-leão adulto, além de causar muita dor, pode às vezes ser letal. Ele usa esse mecanismo para defender-se do ataque de predadores ou mesmo contra o seu tutor, caso seja demasiadamente incomodado. O veneno é inoculado através desses espinhos, e sua potência varia de acordo com a espécie e o tamanho do peixe-leão. Os principais efeitos são dor local intensa, seguida de edema. A vítima ainda pode sentir tontura, fraqueza muscular, náusea, dor de cabeça e respiração ofegante.

O Pterois volitans é sem sombra de dúvidas o mais belo e interessante dos lionfishes (como são conhecidos no meio aquarístico). É conhecido como Black Volitan ou Red Volitan, dependendo da coloração que apresenta.

Confira esta matéria na íntegra adquirindo a edição 216. Clique aqui!

https://www.editoratopco.com.br/loja/pet-center/edicao-216-julho-2019-2713.html