terça-feira, abril 16, 2024
Atualidades

RECICLAR: A HORA DA INDÚSTRIA PET FOOD

Foto: Man As Thep/ iStockphoto.com

Porta-voz da eureciclo diz como essa indústria deve se enquadrar na Política Nacional de Resíduos Sólidos

A reciclagem é um tema de extrema importância para nosso planeta. Alguns se preocupam mais, outras menos, mas existe uma lei, de No 12.305, publicada em 2 de agosto de 2010, que prevê a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) para todas as indústrias. Nessa entrevista com Cris Abreu, relações públicas e eventos na startup eureciclo, que ajuda as empresas a se enquadrarem na lei e a demonstrarem ao consumidor uma postura positiva em relação a esse assunto, daremos enfoque na indústria de ração para cães e gatos, que é o maior segmento desse mercado.

Revista Pet Center: Como funciona o programa eureciclo para indústrias – especificamente as de ração animal?

Cris Abreu: As indústrias de ração animal, assim como as demais indústrias de bens de consumo, precisam cumprir as obrigações previstas na Política Nacional de Resíduos Sólidos. A eureciclo, quanto empresa de tecnologia para o rastreamento da cadeia de reciclagem, oferece uma solução para as indústrias garantirem sua compensação de embalagens pós- -consumo através da comercialização de certificados de reciclagem. Os certificados de reciclagem com lastro em notas fiscais garantem rastreabilidade e transparência à compensação ambiental das embalagens.

RPC: Quais as obrigações dessa in- dústria e quais os benefícios de quem adere ao programa?

Cris: A legislação ambiental brasileira demanda que as empresas se responsabilizem pela logística reversa de, no mínimo, 22% de suas embalagens colocadas no mercado. As empresas que desejam garantir a logística reversa e responsabilidade

sobre suas embalagens devem calcular a massa de embalagens de seus produ- tos comercializados. Nesse cálculo são consideradas todas as embalagens que envolvem os produtos, incluindo as embalagens destinadas ao seu trans- porte. Após definir o tipo e volume desta massa, é possível estimar o cus- to para adoção da solução eureciclo. Dessa forma, as empresas destinam recursos para a cadeia de reciclagem a fim de mitigar o impacto ambien- tal de suas embalagens pós-consumo e recebem em troca Certificados de Reciclagem.

Com a tecnologia eureciclo, as empresas atendem à Política Nacional de Resíduos Sólidos enquanto desenvolvem a cadeia de reciclagem do Brasil. O selo eureciclo também é um atributo de comunicação para as empresas que adotam a solução. Ao carregar o selo nas embalagens, elas podem comunicar seu engajamento com a valorização do trabalho de operadores de coleta e triagem, enquanto os consumidores podem reconhecer e optar por marcas que investem na reciclagem.

Saiba mais: eureciclo.com.br


Por Natália Miranda


Clique aqui e adquirá já a edição 226 da Revista PetCenter/Groom Brasil e veja todas as reportagens na íntegra!