Merchandising para o mundo pet

Categoria: Matérias do Mês

Autor(a): Edson Souza | Colaborador(es): Jornalismo Top.CO | Cidade: Campinas/SP | 08/01/2018 - 10:16

Comunique-se com seu público e se destaque da concorrência! Otimize as vendas tornando sua loja e a exposição de produtos mais atraentes
JackF/iStock.com

JackF/iStock.com

Sem dúvida o mercado pet é promissor e vem evoluindo a cada dia. Vale lembrar que é um segmento de mercado que cresceu junto com o hábito das pessoas de alimentar seus animais com rações industrializadas. Mas quando falamos nesse mercado, pet food é apenas um dos produtos a serem trabalhados, já que podemos incluir nessa lista os produtos farmacêuticos, higiene e beleza, acessórios e também os serviços. Em todos eles podemos dizer que o merchandising é muito importante e contribui para maximizar os resultados nas vendas.
 
O MERCHANDISING
Antes de falar da importância ou mesmo do objetivo do merchandising, eu gostaria de definir o conceito, já que muitas vezes há certa confusão por parte de algumas pessoas que acham que o merchandising é algum tipo de propaganda. O merchandising é na verdade a arte de tornar um produto visualmente mais atraente, é a “linguagem de loja”, o meio pelo qual o varejista e a indústria se comunicam com seus consumidores, utilizando ações promocionais, imagens ou materiais de ponto de venda sempre com o objetivo de influenciar a tomada de decisão de compra do consumidor. Vale ressaltar que é também a maneira que podemos nos diferenciar de nossos concorrentes, pois é a estratégia que mais se aproxima do público interagindo de uma maneira direta. 

 
 
A partir da década de 1990 os grandes hipermercados passaram a comercializar os produtos da linha pet. Mas a exposição era muito tímida e a variedade também não era nada atrativa. Atualmente a área pet de uma loja de varejo teve seus espaços ampliados de acordo com a importância que estes realmente têm e com uma variedade de alimentos, cosméticos, acessórios e higiene. Uma das vantagens que as lojas especializadas em pets levam em comparação com os hiper ou supermercados é justamente o tráfego dos bichinhos nas lojas, afinal eles exercem grande influência emocional nos donos e as técnicas de merchandising incorporam o passeio dessas gracinhas de maneira agradável no PDV. 
 

TRÁFEGO E ORGANIZAÇÃO
Já que estou falando em tráfego, quero aproveitar para dizer que a maneira como montamos a loja, seja pequena, média ou grande, deve-se sempre pensar em como o seu cliente irá trafegar. Sua loja deve permitir não apenas a fácil circulação, mas também deve ser uma loja que induza o cliente a percorrê-la de maneira que possa continuar comprando. Esta é umas das técnicas mais importantes do merchandising: montar uma loja com um layout que lembre necessidades ou desperte desejo de compra no consumidor é sem dúvida o fator determinante para o sucesso ou não de sua loja. 

 
 
Sinceramente, em muitas lojas de pet que já visitei percebi que esse é um dos maiores problemas. As lojas não permitem o fluxo livre, os corredores são apertados ou terminam em uma parede obrigando o cliente a voltar pelo mesmo lugar por onde entrou. Esse é um dos grandes inibidores que acabam impedindo que o consumidor continue comprando. 
 
Se o consumidor tiver a possibilidade de trafegar livremente entrando em um corredor e saindo por outro, a probabilidade de continuar comprando será muito maior. Você conseguirá maximizar essa possibilidade, se trabalhar um layout que possibilite que seu cliente possa verificar que há uma lógica na maneira em que os produtos são expostos. De maneira prática, imagine que seu cliente entrou para comprar ração para o seu cão e, assim que a localiza, ele também consegue visualizar o comedouro, caminha, casinha e outros acessórios. Isso é o puro merchandising que faz o consumidor comprar por impulso. 
 

ASSOCIAÇÃO DE PRODUTOS
 
 
Outra técnica de merchandising que dá muito resultado é o que chamamos de cross merchandising, que nada mais é do que associar um produto com outro, mas sempre produtos que se complementam. Acabei de usar o exemplo do corredor de ração para cães e imagine que, ao procurar o alimento para o seu cão, o cliente visualiza algumas coleiras ali penduradas, isso pode fazer com que o consumidor lembre que o seu pet está precisando de uma coleira nova. Isso faz com que ele se lembre dessa necessidade, facilitando a compra sem que o consumidor precise ir até o corredor de acessórios para comprar o produto que precisava. Essa é uma técnica que contribui para fidelizar o cliente à loja, pois quem é que não gosta de uma loja que te ajuda a economizar tempo, não é mesmo?

SINALIZAÇÃO ADEQUADA
 
 
Lembre-se que sua loja também deve ser bem sinalizada, da mesma maneira que as placas em uma rodovia são muito importantes para nos orientar e, nesse caso, nos manter no caminho certo. As placas que sinalizam as seções da loja, tais como, alimentos, medicamentos, acessórios, higiene e beleza, e outras são fundamentais, principalmente para aqueles que entram pela primeira vez em sua loja. Você também pode sinalizar as seções dividindo por animais de estimação tais como: cães, gatos, pássaros, roedores, répteis, peixes e assim por diante. O mais importante é fazer com que seu cliente se sinta à vontade e, principalmente, que ele não se irrite por não encontrar o que procura. Se isso acontecer, você corre não só o risco de ele ir embora de sua loja, mas, pior ainda, de ele não voltar mais. 

 
E já que estou falando de sinalização, não poderia deixar de dizer que a sinalização de preço também faz parte do merchandising. Aliás, não há nada mais frustrante para um cliente do que entrar em uma loja e encontrar produtos sem preço. Então a minha dica é que você dê atenção especial nesse quesito, oriente sua equipe a dar prioridade a isso. Se sua loja trabalha com etiquetas de gôndola, certifique-se de que elas estejam lá, crie uma rotina de verificação, se possível diária, dessas etiquetas. Além das etiquetas de preço, outro aspecto importante é dar destaque aos produtos que estão em promoção, utilizando cartazes, cartazetes ou splashs que irão atrair o seu consumidor que sempre está atento aos preços atrativos. Vale lembrar que essa é outra maneira de fidelizar esse cliente, que irá caracterizar a sua loja como um comércio que oferece vantagens. 
 
 
 EXPOSIÇÃO DE PRODUTOS
Não dá pra falar em merchandising sem falar na exposição de produtos não é mesmo? Sem dúvida o assunto não estaria completo. Gosto muito do Canal Pet porque, além de poder demonstrar a paixão pelos bichinhos que fazem a alegria nos nossos lares, podemos expressar esses sentimentos pela maneira que expomos os produtos. Não entendeu? Calma que vou explicar! Mas antes de falar sobre isso, queria dizer que uma coisa que particularmente acho bem legal em trabalhar com os produtos pet são as embalagens com cores vivas e, que por si só, já chamam a atenção do consumidor. Esse é o aspecto mais importante quando falamos sobre como atrair o cliente para comprar um produto. Então trabalhe bem com as cores que o sucesso nas vendas estará garantido. Outro ponto que destacaria aqui está relacionado à utilização de imagens dos pets na comunicação da loja. Como estamos lidando com a paixão dessas pessoas por essas criaturinhas encantadoras, os clientes terão prazer em visitar e comprar na loja. 

 
 
Por fim, explicando o porquê de dizer que podemos expressar nossos sentimentos por meio das nossas exposições, eu diria que podemos fazer isso de duas maneiras. Descobri, por meio de treinamentos de merchandising que ministrei em lojas pet que visitei Brasil afora, que muitas lojas trabalham com exposição em vitrine, é o que chamamos de visual merchandising. Assim como uma loja de roupa trabalha a sua vitrine de maneira a atrair o consumidor para dentro da loja, você também pode fazer o mesmo, usando a criatividade para também atrair seu cliente para conhecer a sua empresa.
 


 
 
Se em sua loja não houver uma vitrine, não se preocupe, mesmo assim você pode fazer uso da técnica do visual merchandising. Pode criar exposições diferenciadas com temas diversos que sejam uma atração para o seu cliente. Já dei treinamento para empresas onde ensinamos equipes a montar essas exposições diferenciadas que chamamos de exibitécnica. Que tal fazer uma ilha em formato de casinha de cachorro e expor ração nela? Ou que acha de aproveitar uma data comemorativa para criar uma exibitécnica temática e sazonal? Essas são algumas ideias que você pode adotar para expor o seu produto de maneira criativa e acelerar o giro dos seus produtos. Então solte a imaginação e a criatividade e, claro, não subestime o poder das técnicas de merchandising.    

 

Última edição (204)

Destaques:


Especial SuperPet

Raio-X do consumidor pet

Serviços para aves

Alimentação para peixes

Alergia de pele em cães e gatos


Saiba mais ›

Destaques:


13 erros prejudicam o banho e tosa

Sua postura profissional é boa?

Padrão da raça

Manual do maltês

EnqueteEnquetes anteriores

Em sua opinião, qual o principal mito acerca do marketing?








Participando da nossa enquente você concorrerá a prêmios

Uma boa propaganda salva um mau produto ou serviço

O cliente sempre tem razão

Marketing é enfeitar o produto para aumentar a venda

O principal atributo do marketing é a criatividade

PUBLICIDADE