4 dicas que vão melhorar a experiência do cliente em seu pet shop

Categoria: Matérias do Mês

Autor(a): Júlio Mangussi | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co. | Cidade: Campinas-SP | 16/05/2017 - 15:23

Professor da IBE-FGV ensina macetes que ajudarão a atrair a atenção dos consumidores e a fidelizá-los.
iStock @ JackF

iStock @ JackF

Diferentes mercados passam por transformações rápidas e com o setor pet não é diferente. Tudo se modifica. O consumidor altera seus parâmetros, torna-se mais exigente e passa a analisar mais atentamente fatores que antes não eram tão avaliados. Tudo isso aliado à competitividade intrínseca de qualquer segmento próspero, como é o pet. Com o constante surgimento de novas lojas, é preciso se movimentar, fazer diferente para conquistar a clientela. Trabalhar para melhorar a experiência de compra, portanto, é fundamental na corrida pela fidelização do cliente. O professor da IBE-FGV, Joeval Martins, especialista em canais de vendas, parcerias, alianças e competitividade, compartilha quatro dicas essenciais para quem deseja sair na frente.
 
Transforme-se em um consultor para resolver o problema do cliente
Não basta apenas reproduzir frases batidas, utilizadas por praticamente todos os vendedores dos mais distintos setores do comércio. É preciso ser mais do que um vendedor, um funcionário que quer apenas empurrar um produto. É necessário ter uma abordagem consultiva no momento do entendimento e da resolução do problema do cliente. Pode ser durante a aquisição de mercadorias ou serviços, o fundamental é se fazer presente e ajudar o cliente. “Alguns vendedores querem apenas realizar a venda e não entendem direito as necessidades do consumidor que está em busca de uma solução e não simplesmente de um produto. Uma venda errada resulta na perda do cliente”, atenta Joeval.
 
Fidelize o cliente com uma boa atuação
É essencial tornar o cliente fiel baseado em atitudes, experiências positivas e satisfação, e não em preços. Entrar em uma guerra de preços, afinal, pode ser extremamente prejudicial para o desenvolvimento da empresa, uma vez que o concorrente também pode diminuir o valor dos seus produtos. “A compra implica outros fatores além do preço. É preciso demonstrar o valor agregado, explicar as facilidades, características e diferenciais do produto/serviço, além de investir tempo para garantir o encantamento”, explica o professor.
 
Busque as melhores referências para fins de comparação
Pesquisar grandes lojas, até mesmo as que não atuam no mercado pet, é importante para avaliar o desempenho da sua equipe. Observe as grandes, inspire-se em empresas de sucesso, que você admira e que conquistam e fidelizam o público. As ferramentas utilizadas por elas podem não ser as mesmas, mas sempre há uma essência que pode ser replicada em seu pet shop. “É preciso ainda medir a performance de atendimento/vendas baseado nas melhores práticas e não em seus concorrentes. Balize-se por cima e não pela média”, declara Joeval.
 
Lembre o cliente do valor agregado do seu produto/serviço
Educar constantemente o consumidor sobre o valor intrínseco de sua empresa é muito incomum, mas essencial quando se deseja melhorar a experiência do consumidor em busca de melhores resultados. “Não desista de mostrar o tempo todo o que você entrega o que há de melhor para o cliente. É isso que o coloca acima da concorrência”, termina o especialista.
 
 

Última edição (200)

Destaques:


Planeje para ter um 2018 de sucesso

Natal lucrativo

Marketing do bem

Pet Clínicas

Caderno Aquarismo

Caderno Aves


Saiba mais ›


	Tecnologia em prol da clínica

Destaques:


Tecnologia em prol da clínica

EnqueteEnquetes anteriores

Quais destas medidas contribuem mais para tornar a empresa sustentável?








Participando da nossa enquente você concorrerá a prêmios

Evitar desperdícios no banho e tosa

Incentivar atitudes ecológicas

Disponibilizar produtos sustentáveis

Otimizar o uso de produtos e recursos da empresa

PUBLICIDADE